Fim-de-semana para relaxar

10 04 2009

Esse fim de semana terá as semi-finais do segundo turno do campeonato gaúcho: Inter x Ulbra e clássico Ca-Ju. Acompanharei estes jogos um pouco à distância, já que meu time não está disputando nenhuma das partidas. Portanto, um finde “light” para mim.

A expectativa reside na indefinição do próximo treinador gremista. Esperamos por Paulo Autuori, mas existe a chance de Renato Portaluppi comandar a casamata tricolor. Não creio que algo seja definido nesta sexta-feira santa.

Resta desejar a todos uma FELIZ PÁSCOA, com muito chocolate pra todo o mundo. Principalmente paz na Terra e amor nos corações.





Ainda não dá pra relaxar

8 04 2009

Ontem, de acordo com as previsões do PAULO BRITTO, o Grêmio goleou o Aurora, de Cochabamba, por 3×0. Mas não se viu muita qualidade do lado tricolor.

Diferentemente dos “respeitadores” de plantão, que desejavam atribuir ao adversário mais importância do que ele merece, o Aurora provou ser um timeco. Não apenas já estava virtualmente desclassificado (agora está matematicamente também), mas não fez absolutamente nada por merecer um pontinho sequer. Mesmo jogando de forma atabalhoada e errando muitos passes, o Grêmio conseguiu sair na frente do marcador ainda no primeiro tempo, em cabeceada do zagueiro Rafael Marques, após cruzamento em cobrança de falta no lado direito.

No segundo tempo, o tricolor errou MUITOS passes e quase deu chance ao azar, na ÚNICA chance de gol da equipe cochabambina – Réver salvou na hora H. O jogo ficou moroso e chato, concentrado no meio-campo com muitas tentativas frustradas de dribles, especialmente de Souza. O único jogador que “suava sangue” era Maxi Lopez, que combatia muito.

Seus esforços foram recompensados aos 18 do segundo tempo, em linda cabeceada no ângulo, após cruzamento de Herrera, pela direita.

esperame en la cama, Wandita

"¡Hóla Wanda!"

O placar seria fechado com um chute de qualidade desferido por Réver, de dentro da área adversária. O Aurora só tentava matar o tempo, já que evitava aumentar o placar. O árbitro Antonio Árias nem quis saber de acréscimos e terminou o jogo aos 45 do segundo tempo.

Souza conseguiu uma façanha, ao meu ver, inédita: foi vaiado quando o jogo já estava 3×0, por conseguir desperdiçar duas jogadas de PURA FOME. Literalmente quis driblar o time inteiro do Aurora, sem nenhuma objetividade. O próximo comandante tricolor precisará saber dar uns PETELECOS nesse mané.

A classificação está praticamente garantida. Mas nem por isso dá pra pensar em relaxar. Afinal, quanto melhor o Grêmio se classificar, pior (teoricamente) será o adversário nas oitavas-de-final. E, principalmente, o time precisa jogar com qualidade e objetividade, pois todos sabemos que times ruins como o Aurora são exceções na principal competição sulamericana.





A vida continua

7 04 2009

Sacudir a poeira.

Não olhar para trás.

É o que nos resta após mais uma derrota em Grenal. Mais uma vez, longe do Olímpico. Mais uma vez, jogando melhor (acho que o mais correto é “menos pior”). Mais uma vez, perdendo gols feitos. Mais uma vez, com falha de arbitragem. Mais uma vez, levando gol idiota.

Se foi “culpa” de Roth a derrota de anteontem? Não foi. Se é culpa dele a má qualidade da finalização de nossos atacantes? Provavelmente. Se é culpa dele o péssimo clima que se instalou no Olímpico, apesar da excelente campanha na Libertadores? Com certeza é.

Mas também é da diretoria. E esses não pedirão o boné.

O problema de se trocar o treinador em condições como estas, é que poucos nomes atraentes estão disponíveis no mercado. No momento, tudo indica que Renato Portaluppi será o novo treinador gremista. E o principal motivo é que ele está desempregado. Falam em Paulo Autuori (que é melhor treinador) mas quando a coisa esbarra em cláusulas demissionais elevadas, é melhor desconsiderar. Renato é mais provável.

Olhar para a frente.

E para a frente, hoje mesmo, às 19 horas (pior horário), tem o confronto com o Aurora, de Cochabamba. O jogo na Bolívia foi 2×1 pro Grêmio, com as calças na mão. Hoje a coisa deverá ser mais fácil. Não será absurdo um placar elástico a favor do tricolor, mas ser gremista significa ser prudente. Ainda mais na fase atual.

Sinceramente, é importante que todos nós, tricolores, tenhamos em mente que o mundo definitivamente não acabou. Perdemos pro Inter, mas podemos ganhar a Libertadores. Basta focar, melhorar e contratar jogadores para as posições deficitárias.

(Re) Começa hoje.





A quem estão querendo enganar?

2 04 2009

“Uma mentira contada mil vezes se torna verdade”, já dizia Goebbels.

apresente provas, Píffero

"apresente provas, Píffero"

Há mais de dez anos, pelo menos, o Internacional exibe, em seu estádio, a frase “A maior torcida do Rio Grande”, quando TODAS as pesquisas realizadas por diferentes institutos (UFRGS, Datafolha, CNT/Sensus) provam que o Grêmio tem a maior torcida do Rio Grande do Sul e tem mais torcida que o Internacional também fora do Estado.

Vejam a pesquisa divulgada pela Datafolha em janeiro de 2008. Para facilitar a leitura, transcreverei o trecho que nos interessa:

No Estado do Rio Grande do Sul o Grêmio é líder isolado, com 48%; o Internacional conta com 36% das preferências. Em Porto Alegre, o tricolor gaúcho atinge 48%, apenas cinco pontos percentuais a mais do que o rival colorado, que obtém 43%, e ocorre um empate, em razão da margem de erro, de exatamente cinco pontos, para mais ou para menos.

É interessantíssimo ler a pesquisa toda. Nela fica provado que o Grêmio é líder de preferências também em Santa Catarina (com 13%), empatado tecnicamente com o Flamengo, que tem 16%. O Internacional tem 8%, empatado com o Corinthians, naquele Estado.

No Paraná, o Grêmio tem 3%, um percentual considerável. O Internacional não é citado.

Agora a frase foi modificada no Beira-Rio: “A maior e melhor torcida do Rio Grande”. Ufanismo total. Não apenas mantiveram a afirmação mentirosa como acrescentaram um adjetivo que não faz o menor sentido. Ok, é pra consumo interno, não me importarei com isso. Até sugiro que eles deixem somente “A melhor…”, pois é algo subjetivo que não pode ser comprovado cientificamente.

O blog gremista Sempre Imortal publicou um texto agressivo, mas interessante a respeito: A Farsa do Século. Recomendo a leitura.

Acredito que o marketing gremista deveria fazer algo a respeito disso, pois do contrário a máxima do ministro da propaganda de Hitler poderá se confirmar.