Quarta-feira inolvidável

27 05 2009

Esta noite é um prato cheio para os amantes do futebol de qualidade. Isso porque teremos, ainda à tarde, a final da UEFA Champions League, entre Barcelona e Manchester United. O jogo único será realizado em Roma, na Itália. Este formato vem sendo adotado pela UEFA há vários anos e tem garantido grandes públicos, mesmo sendo realizado em campo neutro. Na América do Sul, isso certamente não funcionaria.

Do jogo sairá o adversário do Grêmio representante da Europa no Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado, neste ano, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, em dezembro. Também sairá o ganhador do prêmio de 110 milhões de Euros, muito superior ao maior faturamento de um clube brasileiro em 2008, de R$ 160 milhões (do São Paulo).

À noite, teremos Copa do Brasil em seus confrontos semi-finais e a Libertadores da América, abrindo a fase de quartas-de-final. Infelizmente, todos os jogos serão disputados no mesmo horário (21:50), o que impossibilitará o correto acompanhamento de todos eles.

Libertadores

Em Caracas, o time homônimo da capital venezuelana tentará manter o excelente aproveitamento que tem em seus domínios e vencer o Grêmio, que tem o melhor aproveitamento entre todas as equipes da Libertadores, com 1 empate e 7 vitórias. Vale lembrar que o Caracas eliminou, na primeira fase, o Lanús, atual líder do torneio clausura argentino. A camiseta vermelha e a presença de jogadores chamados Rentería e Figueroa é a certeza de que os colorados estarão torcendo ainda mais fortemente contra seu rival.

O Grêmio garante a presença de Adílson, que poderia ser preterido por Túlio. Souza e Réver se recuperaram de incômodos musculares e também jogarão. É provável que eles sejam poupados no domingo, em Salvador.

Em Belo Horizonte, um duelo de gigantes. O Cruzeiro receberá o descansado São Paulo no primeiro confronto da série. Será um jogaço, sem dúvidas.

Os demais confrontos serão jogados amanhã: às 19:30, o Defensor receberá o Estudiantes, em Montevideo. Às 22 hs, o Palmeiras será o anfitrião do Nacional de Montevideo, no Palestra Itália.

Copa do Brasil

Se não bastassem os dois jogos da Libertadores, ambos jogos das semi-finais da Copa do Brasil serão disputados nesta quarta-feira, no mesmo horário (21:50). O Internacional receberá a “zebra” Coritiba e deverá ter vida fácil. Tendo recém passado em difícil confronto com o Flamengo, o Inter tem a vantagem psicológica de ser líder absoluto do campeonato brasileiro e ter um aproveitamento invejável na temporada. O Coritiba teve muita sorte de não ter enfrentado nenhum adversário qualificado nesta Copa, sendo que eliminou a Ponte Preta nas quartas-de-final. O time de René Simões não se compara ao qualificado grupo de 2008, tendo perdido Keirrison e Marlos, dois dos destaques da temporada passada. Embora ninguém no Beira-rio admita, é jogo jogado.

Por outro lado, outro duelo de grandes, com uma similaridade interessante: Vasco e Corinthians farão o primeiro confronto no São Januário. O “timão”, recém retornado da série B. O cruzmaltino, atual integrante da divisão da vergonha. No entanto, ambos clubes estão com bons times e jogando bom futebol. A vantagem é, indiscutivelmente, do alvi-negro paulistano.

E tem mais?

Futebolisticamente, não. Mas, antes dos jogos, eu vou dar umas bandas…

dale tricolor (ns)

dale tricolor (ns)





Governo vai lançar Eximbank

27 05 2009

Na Zero Hora de hoje está uma notícia que poderá ser relevante para os exportadores brasileiros: o lançamento do Eximbank ou, melhor dizendo, Export-Import Bank, um formato já existente nos principais países desenvolvidos.

Na prática, este “banco” não inventará, pelo menos no curto prazo, novas formas de financiamento aos exportadores e importadores. A ideia é centralizar as operações de Proex e outros meios já existentes. O Eximbank será ligado ao BNDES, segundo o ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.

As operações de Adiantamentos de Contratos de Câmbio (ACC) e de Adiantamentos sobre Cambiais Entregues (ACE), continuarão sendo efetuadas pelos bancos comerciais.





Ninguém corneteia ninguém

25 05 2009

O saldo gaúcho da terceira rodada do BEZERRÃO 2009 (ns) é que gremistas não puderam ZOAR de colorados e vice-versa. Se este padrão se repetir por muito tempo, logo teremos torcedores enlouquecidos a gritar: mas nós ganhamos FORA DE CASA, vocês não!

Enfim.

A verdade é que, se algum time foi MAIS vencedor que outro, apesar de todos terem ganhado seus 3 pontos de forma igualitária, foi o Internacional. Que optou uma vez mais por uma equipe mista, com mais reservas que titulares. Foi jogar contra o Goiás, que mostra fraquezas mas é sempre um adversário perigoso quando joga no LATIFÚNDIO chamado Serra Dourada. Aliás, o Goiás é traiçoeiro SEMPRE, nós sabemos bem disso.

Até quando o Goiás vai insistir em colocar o Iarley jogar contra o Inter? Nunca dará certo.

Mas o colorado conseguiu sua vitória por placar mínimo, gol de Taison e mantém seus 100% de aproveitamento, com 9 pontos em 3 jogos.

O Grêmio conseguiu tirar o zero da coluna “V” da tabela de classificação, ao bater o Botafogo por 2×0, no Estádio Olímpico. Infelizmente o mesmo Grêmio colocou um “V” de VERGONHA na camiseta lançada ontem, neste jogo.

o que ele quis dizer com isso? (foto: Edu Andrade/Futura Press)

Vejam a beleza do novo uniforme tricolor:

Donald Duck

Donald Duck (foto: Roberto Vinícius/Ag. Free Lancer/Futura Press)

Na estreia de Paulo Autuori, o Grêmio teve um pouco de dificuldade para impor seu melhor futebol diante do Botafogo, porém, depois do BICO de Jonas, as coisas se tornaram um pouco mais tranquilas. A primeira metade do primeiro tempo foi toda tricolor, com bom toque de bola e chegadas constantes à área botafoguense, porém, muitas tentativas de fora da área, quase sempre por cima do gol. Uma jogada destacou-se: uma triangulação entre Jonas, Souza e Fábio Santos, que mandou um TARUGO, por cima de Castillo. Teria sido um belíssimo gol.

No entanto, o Grêmio perdeu o meio-campo nos dez minutos finais da primeira etapa e nos 1o primeiros do segundo tempo, não conseguindo impor técnica alguma neste período. Uma bola sobrada na entrada da área foi o suficiente para que Jonas, EL PEOR DEL MUNDO, mandasse um BICO e anotasse o primeiro tento gremista.

A partir daí, tudo mudou: o Grêmio voltou a dominar o jogo e ter muita tranquilidade no toque de bola. Em nenhum momento o Botafogo ameaçou a meta de Victor depois do HÍMEN do gol de Castillo ter sido rompido. O segundo gol partiu de um cruzamento de Douglas Costa, passando pela ajeitada PRIMOROSA de Maxi López, sobrando facinha facinha para Fábio Santos, que desta vez não mandou por cima.

Os gols:

Os demais jogos foram relativamente previsíveis, exceto a derrota homérica do Fluminense pelo Santos, por 4×1, em pleno Maracanã. Eduardo Ratinho foi responsável por um lance de violência absurda, que deverá ser punido com muita intensidade. Também chamou a atenção a derrota em casa do Atlético-PR para o Náutico, por 3×2, sendo que o Furacão saiu ganhando de 2×0.

Classificação (extraída do Terra):

classificacao 3r

E os jogos da terceira rodada:

Tabela Portugues





Desagradando a gregos e troianos

22 05 2009

O treinador anão conseguiu uma tarefa difícil: uniu gremistas e colorados nas queixas contra a seleção brasileira. Com a convocação de Kléber e Nilmar do Inter e de Victor do Grêmio, para os próximos jogos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 e também para a Copa das Confederações, que acontecerá na metade do mês de junho, na África do Sul.

Detalhe: Nilmar será reserva. Victor será segundo reserva. De goleiro. As chances dele jogar alguma partida nesta convocação são de 1 em 3.598.000. Aliás, que besteira mandar 3 goleiros concentrar… Porque não convocam e mandam apenas dois e, caso um deles se lesione, manda outro às pressas?

Mas a razão do post não é essa.

É fazer o que o mundo gaúcho tem feito. PRA QUE ISSO? Pra que desfalcar os dois times em suas competições mais importantes no primeiro semestre? Pra deixar os jogadores esquentando o banco? No caso do Victor, não há explicações possíveis. Porque não convocar alguém da Europa, já que a temporada já terá acabado por lá? Falta de bom senso total de Dunga.

Apenas não exagerarei pois acredito que é um momento muito feliz na carreira de Victor. Ele não está triste com a convocação, tenho certeza. E devemos respeitar sua alegria.





Nova camisa?

21 05 2009

Enquanto Paulo Autuori vai organizando e dando nova cara ao esquete tricolor, a polêmica desta semana gira em torno de um artigo que vem sendo ridicularizado pela atual fornecedora: a casaca gremista.

Embora já tenhamos visto todo tipo de falsificação tosqueira – eu vi, outro dia, uma camisa da INTER DE MILÃO com o símbolo do Grêmio e a marca Banrisul, descentralizada e em tamanho errado – fica sempre a dúvida quanto à veracidade das informações divulgadas.

O André K recebeu a informação e a divulgou, como tem de ser.

quem fez isso só pode ser colorado

quem fez isso só pode ser colorado

a reserva está um pouco menos feia do que a de 2008 - não é um elogio

a reserva está um pouco menos feia do que a de 2008 - não é um elogio

É muito provável que essas sejam mesmo as camisas novas. Pois não creio que o falsificador se daria ao trabalho de copiar o template que vem sendo utilizado pela Puma nas camisas 2009 de outros clubes. Vejam alguns exemplos:

Camiseta 2009 do Independiente de Avellaneda

Independiente de Avellaneda

Olympiacos (Grécia)

Olympiacos (Grécia)

Zenit (Rússia)

Zenit (Rússia)

Vejam que o famigerado detalhe em “V” está presente nos 3 exemplos citados. E tem outros mais: Stuttgart, Feyenoord…

Como a informação ainda é extra-oficial, não dá pra ter certeza. Mas SE for, é muito lamentável, na minha opinião. Tenho visto reações contrárias à nova camiseta de forma muito mais contundente do que em outras ocasiões. Aliás, chama a atenção as radicais variações do desenho da camiseta de um ano para o outro. Me parece estranho que alguém da cúpula do Grêmio aprove tais aberrações, em sã consciência. Mas isso tem acontecido.

Uma pena.

Fotos da camiseta do Grêmio: André Kruse
Fotos das outras camisetas Puma: Todo Sobre Camisetas





Graças a Deus não vi nada

18 05 2009

Devido ao aniversário de meu irmão e a uma peça de teatro no domingo a tarde, passei o fim-de-semana inteiro em Porto Alegre e me isolei (quase) do futebol. Devo agradecer por isso, já que teria me deprimido muito se tivesse acompanhado com mais afinco.

Ouvi metade do jogo do Grêmio contra o Atlético Mineiro pela Rádio Globo de Minas, via internet, pois não conseguia fazer pegar a Gaúcha, por alguma razão desconhecida. Foi meio engraçado o jeito dos mineiros de narrar, comem metade das palavras. Mas não foi muito divertido escutar que o primeiro tempo foi meia-linha a favor dos atleticanos.

No segundo tempo, minha audiência foi interrompida várias vezes, pois tinha que buscar minha esposa no salão de beleza e por vários momentos não consegui ouvir (agora sim, a rádio Gaúcha). Então, com momentos esparsos, fica difícil fazer uma análise. Aparentemente o Grêmio começou a participar do jogo no segundo tempo e a entrada de Herrera ajudou a equipe, além das substituições de Ruy e Fábio Santos, que mais uma vez não jogaram nada.

Nada a comentar sobre os dois primeiros gols. No primeiro gol do jogo, não vi irregularidade, apesar da reclamação de Victor de que teria havido toque.

Em compensação, lastimável a marcação do pênalti no gol da vitória atleticana. Simplesmente absurda. Assim como a expulsão de Adilson, totalmente injustificada num lance que acho que nem falta foi.

É evidente a falta de qualidade de Wilson Luiz Seneme, que já havia prejudicado enormemente o Grêmio na segunda rodada do Brasileiro de 2008, contra o Flamengo, em Porto Alegre, com a não-marcação de dois pênaltis claríssimos. Acredito que o Grêmio deva manifestar-se no sentido de vetar terminantemente este árbitro para jogos do tricolor.

Já o colorado vai mostrando que tem uma força tremenda. Escalando time misto, conseguiu vencer o Palmeiras, que jogava com força total.  Com isso, assume a liderança do campeonato e distancia-se por 5 pontos do Grêmio, que permanece empatado com o SÃO PAULO, que ontem não conseguiu vencer o Atlético Paranaense.

Seguem resultados da segunda rodada e classificação atualizada:

Tabela Portugues

classificacao 2r

Perspectivas

A chegada de Paulo Autuori e a possibilidade de trabalhar a semana inteira com o grupo, já que o próximo jogo do Grêmio será somente no domingo 24/5, em casa, contra o Botafogo, ajuda bastante. Haverá tempo para o treinador conhecer melhor seu grupo e trabalhar suas deficiências ainda que o mais provável é que o próximo jogo conte com o mesmo time, sem alterações. Saberemos mais durante a semana.

Mauro Galvão diz que somente trabalhará novas contratações com a chegada do novo técnico, o que é bastante plausível. Uma pena que o São Paulo anuncie Marlos, o que deve ser verdade. O Grêmio nunca vence o São Paulo na disputa pela contratação de um jogador. Acredito que não foi uma boa escolha de Marlos, que terá menos espaço no já qualificado grupo são-paulino.

Libertadores

As datas dos próximos jogos do Grêmio foram definidas: a ida será no dia 27/5, quarta-feira, 21:50h, em Caracas. A volta será 3 semanas depois, no dia 17/6, mesmo horário, no Olímpico. Acredito que haja uma rodada das eliminatórias na semana anterior, pois não haveria motivo para tamanha prolongação do jogo de volta. As semi-finais e finais serão nas 4 semanas subsequentes.

Acredito que isso beneficiará o Grêmio.

Tabela de classificação: Terra





Gosto amargo… mas poderia ser azedo

11 05 2009

Este fim-de-semana marcou o início do Campeonato Brasileiro de 2009, que se prolongará por intermináveis 7 meses. E, como já é de PRAXE, alguns times resolvem meter seus MISTÕES nas partidas iniciais, já que disputam simultaneamente outros torneios – Libertadores e Copa do Brasil. Não raro, estas decisões redundam em prejuízo irreparável para o campeonato todo.

Nesta rodada, a BOLA da vez foi o Corinthians, recém subido da série B. Como terá seu primeiro jogo das quartas-de-final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, contra o Fluminense, resolveu colocar time RESERVA contra o Internacional, mesmo jogando em casa. Apesar do Inter ter jogado mal, conseguiu uma vitória de 1×0 – gol MAGISTRAL de Nilmar e salta na frente em busca do tetra.

O Grêmio, jogando em casa contra o Santos, vice-campeão paulista, fez um primeiro tempo bom, apesar de ter cedido muitas oportunidades ao time adversário. Assim como Máxi Lopez mandou um cabeçaço no poste esquerdo do goleiro Douglas, Kléber Pereira perdeu incrível oportunidade em um contra-ataque santista, quando a bola levou cerca de 5 segundos para passar da defesa para o ataque. Os últimos 15 minutos da primeira etapa foram de uma verdadeira BLITZ tricolor, com muitas oportunidades de gol.

O segundo tempo foi marcado pela retomada da posse de bola por parte do PEIXE, mas sem traduzi-la em muitas chances. Por alguma razão, o Grêmio recuou a marcação e teve dificuldades para criar, salvo em jogadas individuais de Souza, que teve grande atuação. Vendo que o meio-campo estava deficitário, Marcelo Rospide resolveu mudar. Mas não acertou, na minha opinião. Me parece que teria sido mais sensato retirar um zagueiro (Rafael Marques, que já estava amarelado) e colocar um volante, em vez de tirar um atacante, como foi feito. Os laterais poderiam ter sido recuados para ajudar a marcação, já que eles não vinham apoiando. Aliás, este foi o pior setor do time, e tem sido nos últimos jogos, o que é ainda mais preocupante.

me comprem logo, po**a

"me comprem logo, po**a"

Uns chamam DESTINO, outros, COINCIDÊNCIA. Mas o fato é que o gol tricolor passou pelos pés de dois dos três substituídos: Túlio, que jogou para Alex Mineiro que serviu Réver, livre, que driblou um zagueiro e mandou um lindo chute no canto. 1×0, para delírio dos quase 45.000 presentes no Olímpic0, sendo quase metade, mulheres.

Mas a alegria duraria pouco. O terceiro substituído, que não participou da jogada do gol, acabou causando o empate santista: ao cometer uma falta idiota na frente da área, Douglas Costa, que entrara no lugar de Tcheco, acabou determinando o mau resultado tricolor: Molina mandou um CHINELAÇO no ângulo esquerdo de Victor, que não impediu o empate.

CANUDAÇO is my middle name

"CANUDAÇO is my middle name"

Com isso, o Santos consegue um bom resultado em sua estreia, enquanto que o Grêmio não repetiu 2006, quando venceu o Corinthians na primeira partida, em casa.

Alguns outros jogos

– Cruzeiro 2 x 0 Flamengo: não assisti ao jogo, mas acredito que o resultado não tenha traduzido o que foi o jogo, já que o Cruzeiro ficou com um jogador a menos desde o final do primeiro tempo e o segundo gol foi marcado quase no final do jogo. O mais incrível é que Fábio defendeu um pênalti e um arremate em sequência para menos de 5 minutos depois o Cruzeiro abrir o marcador, de pênalti.

– Atlético-PR 0 x 2 Vitória: o rubro-negro baiano vai mostrando que não é fogo de palha, como muitos julgaram pela boa campanha do ano passado. O campeão paranaense preocupa seus torcedores, em compensação.

– Fluminense 1 x 0 São Paulo: Num jogo com boas chances de gol, o Fluminense abriu o placar logo cedo, com um chute improvável e lindíssimo de Maurício. O Flu teve outras chances de ampliar, especialmente num lance em que o goleiro Bosco defendeu duas bolas à queima-roupa, num lance de dificuldade impressionante. O SPFC repete 2008, quando perdeu de 1×0 na estreia e o Fluminense larga melhor do que ano passado, quando ficou a maior parte do tempo fugindo do rebaixamento.

– Palmeiras 2 x1 Coritiba: no duelo de verdes, o Palmeiras iniciou com uma equipe mista e acabou sofrendo um gol do adversário. Mas, com o ingresso de Diego Souza, Keirrison e Cleiton Xavier, as coisas mudaram e o Palmeiras acabou virando o jogo, inclusive com gol de Keirrison, que ano passado defendia as cores do clube paranaense.

Todos os resultados, na tabela abaixo:

Tabela Portugues

A classificação, após uma rodada, ficou assim:

classificacao

Fotos: Lucas Uebel/Preview.com/Gazeta Press

Tabela de classificação: Terra