Nova polêmica de Chávez

13 08 2009

Estou lendo no G1 mais uma notícia estarrecedora sobre o governo de Hugo Chávez na Venezuela: sua reforma educacional. Nem tudo na proposta é absurdo, mas pouca coisa se salva.

Pelo o que eu pude ver, os aspectos positivos da reforma proposta pelo governo da Venezuela são, basicamente:
– desenvolvimento do pensamento crítico e a capacidade de fazer perguntas: isso é algo que deveria ser feito em todos os sistemas educacionais. No Brasil, os estudantes estão acostumados a responderem perguntas prontas – e que são cada vez mais fáceis, diga-se.
– Responsabilidade Social e solidariedade constituem princípios básicos para a formação de estudantes em todos os níveis: responsabilidade social e solidariedade não tem, necessariamente, a ver com Socialismo. Isso, além da ecologia, tem que estar cada vez mais presentes na vida de todos.
– obrigatoriedade dos meios de comunicação, públicos e privados, em conceder espaço para programas com finalidade educativa

Agora, os pontos negativos, infelizmente, sua maioria:
– Proibição às instituições de ensino da difusão de “doutrinas e ideias contrárias à soberania nacional”: como sempre, o ultra-paranoico Chávez vai podando a população. Mas querer moldar as pessoas desde cedo, é demais. Sem falar na contradição entre esta proposta e aquela que eu citei como positiva, do “desenvolvimento do pensamento crítico”. Quer dizer, ele quer que os estudantes aprendam a questionar, desde que não seja o seu governo e a sua doutrina.
– desenvolvimento de “uma nova cultura política”, fundamentada no crescimento do poder popular: WHAT THE HELL IS THAT??? Visivelmente, Chávez está querendo “criar” militantes, ainda infantis.
– o Estado controlará o ingresso de professores, mesmo no ensino privado. Não vejo lógica nisso, se o Estado já controlará a qualidade do ensino. Para mim, é uma forma de intervenção.
– Para o ensino superior, “algumas carreiras” serão reservadas à “algumas instituições”, por sua “natureza, alcance, impacto social e interesse nacional”. Basicamente, o governo escolherá quem seguirá determinadas carreiras. Isso é DEVERAS GRAVE.

Especialmente enquanto estou lendo o livro 1984, estas “pequenas alterações” propostas me causam muito pavor.

Cada vez mais claro que VENEZUELA IS THE NEW CUBA.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: