Tragédia

1 06 2009

Após fazer alguns exames no hospital de minha cidade, fui surpreendido com a notícia do desaparecimento do voo 447 da Air France, que partiu ontem à noite do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, com destino a Paris. Por enquanto, as informações são poucas e muito esparsas, mas há a certeza de que caso estivesse ainda voando, o combustível do avião já teria terminado há muito tempo.

Então, há a certeza também de que o avião já está no solo. Seja através de queda, o que reduziria a zero as chances de sobreviventes, ou através de pouso forçado na água. O último contato da aeronave com o Cindacta III foi às 22:33h (horário de Brasília), quando sobrevoava área próxima a Fernando de Noronha. Às 23:14h, a aeronave mandou mensagem automática de pane elétrica. Por isso, as buscas estão sendo intensificadas à nordeste do arquipélago brasileiro.

É provável que estejamos diantes de mais uma tragédia aérea, num avião contendo 228 passageiros, sendo maioria de brasileiros. Ficarei de olho em atualizações.

Anúncios




Descontos para passagens internacionais

24 04 2009

De acordo ao que já havia sido prometido anteriormente e que já está em vigor para as passagens com destinos sulamericanos, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) decidiu liberar 20% de desconto aos preços mínimos das passagens aéreas internacionais.

Talvez poucos sabiam, mas a ANAC exigia que as passagens com destinos externos à América do Sul tivessem um preço mínimo de venda. No caso das passagens para os Estados Unidos, o preço mínimo era de US$ 708 (ida-e-volta). Agora poderá imediatamente ser reduzido para US$ 566.

Mas não para por aí. Daqui a 3 meses os descontos serão ampliados para 50%, em 3 meses mais, para 80% e depois de outros 6 meses, será completamente liberado. Se alguma empresa quiser vender passagens por 1 real, estará valendo.

É claro que isso não está sendo bem recebido por algumas empresas. A TAM já está reclamando de concorrência desfavorável. A alegação é de que empresas internacionais, que não dependem muito dos voos ao Brasil poderão baixar muito seus preços, mesmo operando com prejuízo, pois isso não afetará demasiado seus resultados, enquanto que ela não poderá igualar, já que os voos internacionais representam grande parte de seus ingressos.

Era óbvio que eles reclamariam. O fato é que teremos boas promoções de passagens aéreas para o exterior em breve. E, com uma eventual queda no turismo interno, os pacotes nacionais também deverão baixar de preço. No final das contas, todos ganharemos.





TAM anuncia adesão à Star Alliance

8 10 2008

Ontem, em meio a uma das maiores crises financeiras que se tem conhecimento, a TAM anunciou sua adesão à Star Alliance, a maior associação de companhias aéreas do mundo. Na verdade, apenas foi confirmada uma tendência que vinha se desenhando desde o ano passado, já que a TAM deixou de ter parceria com a American Airlines naquele ano e passou a associar-se com a United Airlines, que também faz parte da aliança.

No ano passado, também, a TAM firmou parcerias com a Lufthansa, a maior companhia aérea da Alemanha e com a TAP, de Portugal, ambos membros da Star Alliance. A única das atuais parcerias da TAM que foge da Star Alliance é a que foi firmada também no ano passado com a Lan Chile, que pertence à outra aliança – a One World. Acredito, inclusive, que a TAM terá que acabar sua parceria com a Lan, em virtude de regras internas da aliança global. Apenas um pensamento que tenho.

A Star Alliance é formada, hoje, por 24 companhias aéreas. Além das já citadas, também destacam-se a Air Canada, Air China, SAS (Escandinávia), Thai (Tailândia) e U.S. Airways.





Telefonia móvel em vôos da TAM

12 09 2008

A companhia aérea TAM divulgou anteontem, à imprensa, que está contratando os serviços da empresa OnAir, joint-venture entre a Airbus e a Sita (empresa de tecnologia de aviação). O serviço permitirá aos viajantes da TAM usufruir de telefonia celular DURANTE os vôos. Esse sistema é diferente do que já vinha sendo utilizado por algumas companhias aéreas, que disponibilizam telefones que funcionam com cartão de crédito e permitem fazer chamadas a preços exorbitantes – algo em torno de US$ 20 / minuto.

O usuário poderá utilizar seu próprio telefone celular ou smartphone para voz, SMS e e-mails, da mesma forma como se utiliza em terra. No entanto, não houve nenhum tipo de menção ao custo estimado para a utilização do sistema. Espera-se que seja diferente do exemplo citado acima.

O comunicado indica que serão aviões A320 os primeiros a serem equipados com a nova tecnologia e estará disponível para uso em vôos dentro da América do Sul no segundo semestre de 2009. Será a primeira empresa DAS AMÉRICAS a utilizar o sistema.

No entanto, a tecnologia somente poderá ser utilizada caso seja homologada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações).

Eu particularmente penso que a TAM tem um serviço arrogante e não aprendeu nada com a tragédia ocorrida há pouco mais de um ano. Inclusive tive minha mala aberta e roubada em um vôo da empresa. Mas tenho que admitir que eles estão inovando, ao adquirir esta tecnologia. Tenho certeza que muitos executivos vão preferir viajar com a TAM ao saber que poderão usar seus telefones durante o vôo. Tem gente que morre se não usar o celular por muito tempo.





Motoristas embriagados não poderão acionar seguro

1 09 2008

Essa é uma grande notícia que foi divulgada hoje: o STJ decidiu que motoristas embriagados não poderão acionar seus seguros automotivos, mesmo que estejam totalmente em dia. O Superior Tribunal de Justiça teve o entendimento que, ao dirigir embriagado, isso passa a ser um agravante ao risco do seguro, alterando decisão anterior do STJ.

Importante entender que as decisões do STJ tornam-se jurisprudência e, portanto, os próximos casos serão regidos por este dispositivo.

Parabenizo o STJ por ter tomado tal decisão. É mais um passo para acabar com o consumo de bebidas alcoólicas no volante, uma das principais causas de acidentes e mortes no Brasil.