Releve, ele não sabe o que diz

27 03 2009

Gordon Brown, primeiro-ministro britânico, está em “turnê” pelas Américas. Claro que ele não perderia a oportunidade de visitar Lula, o novo pop-star da crise internacional.

Péssima idéia.

Desconsiderando as intensas súplicas de seus assessores, que lhe pedem para seguir estritamente o que lhe foi redigido em seus pronunciamentos, LULLA resolveu dar asas à sua imaginação e falar o que lhe viesse à mente. Aí ele soltou uma verdadeira pérola: “a crise foi causada por brancos de olhos azuis“. Não sem razão, Brown mostrou constrangimento com os infelizes comentários RACISTAS do mandatário brasileiro.

mim não conhecer bons modos, icumpanhêro/i Brown

"mim não conhecer bons modos, cumpanhêro Brown"

Algum assessor do premiê lhe informou que esse comentário era pra “consumo interno”. De qualquer modo, é de um mau-gosto incomensurável. Ele insiste em afirmar, para quem quiser ouvir, que o Brasil não tem nada a ver com a crise financeira e que somos “coitadinhos” nesta história.

O pior é que a principal razão da visita de Brown era “abrir caminho” para um melhor entendimento na reunião de cúpula do G20, que ocorrerá dia 2 de abril, em Londres, a qual será evidentemente presidida pelo primeiro-ministro britânico. Com essa demonstração, parece que Lula não facilitará as coisas.

Anúncios